Sim. Nenhuma vacina é 100% eficaz. A eficácia das vacinas atualmente disponíveis (AstraZeneca e CoronaVac) estão acima do mínimo recomendado pela OMS (>50%), sendo estimada em 50,4 e 70% na proteção geral. Porém, os indivíduos que chegaram a adoecer apresentaram formas mais leves da doença, levando a crer que a proteção contra doença grave e óbito seja bem mais elevada.