Apesar de pesquisas indicarem que os medicamentos possam ajudar no tratamento da Covid-19, não existem estudos conclusivos que comprovem a eficácia.
Por isso, no momento, não há recomendação da Anvisa para o uso da substâncias em pacientes infectados ou mesmo como forma de prevenção à contaminação.